Buscar

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Sobrevivencia no Mar - De Celso Antonio Junqueira de Rezende por Rodrigo Dorje..

Ainda sentindo  a falta da minha placa solar que foi  furtada.... parei para recarregar as minhas e as celulas do equipamento. Redigindo com caneta em punho e agora me espremennndo entre estas micro teclas chinesas ....   nesse meu caderno nada diario feito na Koreia... um kit de sobrevivencia no mundo digital...

Mandacaru e vermelho como o sol do sertao e nao amarelo! Cuidado!   Pois da agua ate a falta dela muitos fatores podem colocar sua vida em riscco.   Tenho  57% de bateria e isso tambem desidrata a minha criatividade rsrssrsrsss...

Lendo Sobrevivencia no Mar, de Celso Atonio de Junqueira Rezende: manual  de instrucao e utilizacao de equipamentos, 1952, Rio de Janeiro: Imprensa  Naval, 1988., mergulhei nesse universo aquatico ate dar sede. Decididamente filtrei e ingeri essa informacao, tao vital, que deveria fazer parte da grade escolar tanto como  simulacao de primeiros socorros e combate a incendios. Na verdade tem mas de forma fracionada e tao diluida que se perde tudo ao final das colacoes de grau.

Manter o equilibrio hidrico e a coisa mais importante para preservar a vida ate um eventual resgate. Em segundo vem a necessidade de alimento solido mas que so deve ser ingerido se houver disponibilidade de agua para todos. No quisito agua considera-se racionamento 1 lata de 350ml dia dividida em 4 tomadas.  Em condicoes de suprimento limitado seria uma lata e meia sendo um bom suprimento 700ml dia ou duas latas.

As racoes da Marinha conhecidas como R-5, sao feitas em forma de 12  balas de goma ou jujuba e 5 chicletes que produzem saliva.  Sendo de hidratos de carbono, fornecem a energia essencial ao funcionamento do cerebro e pulmoes e nao consomem a agua do organismo no processo de digestao. Segundo o Autor e mais provavel que se morra no mar de sede que de fome, devido a abunddancia de peixes que por vezes sobem a balsa de forma voluntaria como por exemplo o peixe voador.

Um oficial do Cruzador Belgrano, afundado por torpedos do Submarino Nuclear Conqueror  a 2 de maio de 1982 durante a Guerra das Malvinas, relatou que a tripulacao decidiu urinar e defecar nas roupas para combater o flagelo do frio, mas nenhum sofrimento e poir que a falta de agua. O mais importante e manter o equilibrio hidrico evitando exposicao da pele ao sol, atividades que produzam transpiracao e molhando no mar as roupas se necessario. Alem das vendas ou tiras de pano para proteger os olhos.

NUNCA BEBA AGUA SALGADA DO MAR!!!!!! NEM A MISTURE COM AGUA DOCE!!!!

Existem algumas maneiras de  obter agua como a coleta de orvalho, a chuva e o destilador solar, que neste caso pode ser feito ate com garrafas pet revestidas em plastico preto ou pintadas.  Os potes pretos da Suplementacao Alimentar Bodygenics no Facebook ou ao lado tem sido muito uteis.   Perfure o recipiente preto e introduza uma mangueira, encha-o com agua do mar e ligue num outro recipiente branco ou revestido de laminado ou plastico que reflita a luz do sol e facilite a condensacao das goticulas de vapor no interior do reservatorio devido a temperatura ser menor que nos revestidos ou pintados de preto.

  Estando em terra pode acelerar o processo de destilacao colocando o recipiente preto dentro de um forno solar ou outro aparato de aquecimento solar feito de modo artesanal conforme descrito acima ou segundo modelos disponiveis na internet. Eu ja ate cozinhei usando o metodo solar e vou fazer bacalhau buziano neste verao.

Ha ainda a possibilidade de ingerir plantas suculentas sendo estas ou nao cactaceas mas tomando o cuidado de ter estudado o tema com afinco para nao se envenenar! Uma suculenta pode ser bem mais saborosa e fitoquimicamente  mais interessante que chupar um botao ou pedaco de camisa, metodos tradicionais para estimular a salivacao. Outra coisa essencial e nao se preocupar com a falta de acentos graficos ate por que so tenho neste instante 39% de bateria e poupar energia pode ser uma boa ideia!

Saudacoes e o desejo de uma longa vida a todos! Ate a pescaria no fim de semana!

Rodrigo Dorje.

Cadastre-se com o #ID6272

Clique aqui e CADASTRE-SE GRATUITAMENTE digitando o ID de Promotor: 6272 e seu CPF.